ME MIMA COM MUITA MIMOSA!

Mimosa

Apesar de possuir um nome engraçado, o drink Mimosa é um clássico cocktail da década de 20, um período revolucionário para o cenário político, econômico, e principalmente cultural. Foram anos de Guerra, de balanços econômicos, e reviravoltas globais, mas principalmente foram anos em que pequenas reuniões sociais e os famosos “brunchs” tiveram sua alta. E consequentemente, houve a alta desta bebida histórica.

Sua criação é muito questionada, assim como a de muitos cocktails. Existe uma primeira versão que conta que sua origem se deu em decorrência do Buck’s Fizz, um drink londrino de 1921, que ao ter em sua mistura a adição de grenadine, se transformou em um mix próximo do que conhecemos nos dias de hoje. Em 1925, porém, a bebida chega à um dos mais tradicionais berços da coquetaria global, no bar do Hotel Ritz, em Paris, França, aonde o grenadine foi suprimido, ganhando fama e sendo disseminado mundo a fora.

Por ser um drink de fácil composição mas com ingredientes caros, inicialmente era consumido principalmente pelas classes mais nobres e pela burguesia, a qual ostentava o drink em pequenos encontros sociais ou eventos da época.

Para fazer um verdadeiro Mimosa, basta um pouco de dedicação e um preparo atencioso. Veja abaixo como encantar aos amigos e entes querido com esse drink especial:

Você vai precisar de:

75ml de Champagne(pode ser um vinho espumante, mas dê preferencia aos não tão doces devido ao açúcar do suco de laranja)

75ml de Suco de Laranja fresco

Com os ingredientes em mãos, separe uma taça longa(normalmente utilizada para o consumo de Champagne ou Espumante) e gentilmente coloque o suco, seguido do Champagne. Misture com delicadeza, e voilá! Um delicioso Mimosa para qualquer ocasião.

Dica: Como a mistura de Champagne com suco de Laranja  criará espuma e pode ser que sua taça fique com um aspecto de como já tivesse sido degustado o drink; sugerimos que você possa preparar em um Mixing Glass a mistura e depois servir em uma taça Flute. 

Este é um drink de caráter suave, e ótimo para os dias de verão ou primavera, principalmente para festas de casamento ou encontros casuais na hora do almoço. Também é perfeito para dias despretensiosos, quando não sabemos ao certo o que servir para beber, sendo de fácil acesso.

O nome Mimosa, apesar de remeter à muitos a idéia de mimo(ato de mimar), faz referência à cor da Acácia Mimosa, uma flor com a mesma cor do drink – a verdadeira cor do verão, com um amarelo intenso. A planta tem sua origem na Austrália, e possuí as pétalas amarelas e um aspecto espumoso, assim como o cocktail.

Mas voltando à relação com o mimo, a bebida pode ter sua associação com o ato de ser realmente um presente para aqueles que a provam. Com sabor de festa, faz qualquer um se sentir um pouco mais feliz e como se estivesse em um cenário de um filme antigo.

A receita ensinada aqui apresenta as proporções ideais para apenas uma dose. Mas lembre-se que o cocktail pode ser facilmente aplicado em maiores proporções, assim sendo servido em jarras. Lembre-se, contudo, que é essencial que todos os ingredientes e a mistura mantenham-se gelados durante todo o processo – até porque, a idéia do Mimosa também é refrescar aquele que o bebe, e convenhamos que bebida morna não é algo tão agradável.

Por possuir um grau alcóolico moderado(o Champagne normalmente possuí 12,5% de grau alcóolico em sua composição), é um drink para se beber lentamente, enriquecendo o paladar de quem o prova à cada gole.

Existe uma grande discussão global em torno do nome do Mimosa referente ao uso do seu nome original, Buck’s Fizz. Alguns amantes da bebida insistem em chama-la de Buck’s Fizz, e alguns bares adotam a receita do Mimosa em seu “outro nome”. Independente de como ela realmente deve ser chamada, o mais importante é garantir a mistura refrescante do suco de laranja, acompanhado de um vinho branco espumante.

Mas chega de falar de nomes e composições. Feche este computador, incorpore o bartender que há dentro de você, e comece um bom momento deliciando-se de uma marcante taça de Mimosa. Ou quem sabe, duas. Salut!

Responsive image

admin


Deixe seu comentário, dúvida ou sugestão

Campos obrigatórios são marcados com *